De olho na China, EUA anunciam nova embaixada nas Ilhas Salomão

O governo dos Estados Unidos anunciou que vai abrir uma embaixada nas Ilhas Salomão como parte de sua política para conter a crescente influência da China na região do Indo-Pacífico. A representação americana no arquipélago havia sido fechada em 1993.

No sábado, falando diretamente de Fiji, no Pacífico Sul, o secretário de Estado americano, Antony Blinken, disse que seu país pretende abrir a nova embaixada como forma de aprofundar a “cooperação com parceiros insulares do Pacífico”.

Afirmou que “estes são apenas os primeiros passos” e que os Estados Unidos vão continuar a levar adiante “engajamento e investimentos no Indo-Pacífico”.

Em 2019, as Ilhas Salomão cortaram laços diplomáticos com Taiwan e estabeleceram relações com a China.

O presidente americano Joe Biden descreveu anteriormente a China como “o maior oponente” dos Estados Unidos.

Na semana passada, o governo americano revelou suas políticas diplomáticas para a região em documento intitulado “Estratégia dos Estados Unidos para o Indo-Pacífico”. Aponta que a região enfrenta crescentes desafios, em particular, relacionados à China.

A estratégia dos Estados Unidos inclui planos de abrir novas embaixadas e consulados no Sudeste Asiático e em nações insulares do Pacífico. *NHK

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: