Europa

Macron não pede desculpas, mas reconhece “dívida” da França com a Polinésia por testes nucleares

A questão foi um dos principais motivos da viagem do presidente Emmanuel Macron à Polinésia Francesa, onde reconheceu a existência de uma “dívida” com esse território no oceano Pacífico. Até hoje, nenhum governo pediu oficialmente desculpas pelos mais de 200 testes nucleares realizados durante 30 anos no local.  © Ludovic […]