Uma equipe de arqueólogos descobriu um tesouro de prata viking de aproximadamente mil anos, segundo o Museu Nacional de História.

O sítio, onde a escavação foi realizada, na comunidade de Taby, há quilômetros da periferia de Estocolmo, acredita-se que era habitado entre os séculos V e XI.

Na região, os pesquisadores encontraram o tesouro em uma bolsa de linho depositada em um vaso de cerâmica que estava escondido debaixo de um prédio de madeira construído entre os anos 800 e 1050.

Dentro da bolsa foram encontrados 46 objetos, incluindo oito colares de alta qualidade, dois braceletes, um anel, duas pérolas e 12 pingentes de moedas.

Parte das moedas encontradas eram da Inglaterra, Boêmia e Baviera, além de cinco de origem árabe.

Além destes objetos, foram encontrados flechas, pedras para moagem e diversos amuletos.

De acordo com a instituição, a hipótese é de que os itens foram escondidos em tempos difíceis e tumultuosos para evitar que fossem roubados. *Sputnik

Publicidade