Nicolás Maduro desencadeou uma nova polêmica ao falar mal de um artista venezuelano que não tem os mesmos ideais que o número um do ‘chavismo’.
 
Nesta ocasião, o líder do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) lançou vários adjetivos qualificativos contra o artista Miguel Ignacio Mendoza, mais conhecido como ‘Nacho’.
 
“Agora o Nacho sai para dizer que se parece com o Drácula. Sim, esse cara é ridículo ok. Você não se parece com nada, a primeira coisa que você tem que ser é um patriota e você é antipatriótico Nacho “, disse Maduro. “A primeira coisa que você tem que ser é um revolucionário e um socialista para se parecer com o Drácula e assim você não se parece em nada com ele, imbecil (…) Para que não seja ridículo. Quem quiser nos fazer de bobo sai com um slam, compadre, e deixa que aguentem as consequências”, continuou.

As palavras do líder do regime venezuelano contra o intérprete de ‘Báilame’ foram transmitidas na última terça-feira (25), por meio de um discurso transmitido pelo canal estatal VTV .
 
Acrescente-se que, desde 2014, Nacho é uma persona ‘non grata’ para o “governo Maduro” já que, na época, o músico venezuelano concordou com o surto social promovido pela oposição venezuelana.
 
Cinco anos depois, em 2019, o ex-integrante da dupla “Chino y Nacho”, acusou o presidente de zombar de seus compatriotas.
 
“É frustrante. Sinto que está rindo do sofrimento de milhões de pessoas, está chutando as necessidades de tantas pessoas. É zombar, dançando no sangue. Parece-me um ato horrível de ridículo e descaramento apenas proteger seu núcleo, apenas para se proteger de enfrentar a justiça” , disse Nacho. *NTN24

Publicidade