Petro pediu a Maduro para ser fiador na negociação com o ELN

EFE

O presidente da Colômbia, Gustavo Petro, pediu oficialmente a Nicolás Maduro que seja o fiador da negociação com os guerrilheiros do ELN , segundo o jornal espanhol El País.

O jornal observa que Petro conversou por telefone com o líder do regime venezuelano para marcar uma reunião em Caracas para refinar detalhes.

Além da Venezuela, Cuba, Chile e Espanha também manifestaram interesse em fazer parte do processo.

As reaproximações entre Colômbia e Venezuela vêm se formando desde antes do início do governo de Petro, além disso, nos últimos dias a reabertura das fronteiras havia sido confirmada para 26 de setembro.

“No dia 26 de setembro abriremos a fronteira entre Colômbia e Venezuela. Como primeiro passo, será retomada a conexão aérea e o transporte de carga entre nossos países. Confirmamos o compromisso do Governo de restabelecer relações fraternas”, disse Petro em um trinado.

Da mesma forma, em agosto, o governo Petro colocou suas cartas na mesa para implementar o que chamou de “Paz Total”.

Entre vários pontos polêmicos, falou-se em “implementação de acordos, como em relação a processos de negociação, diálogo e aceitação da justiça” .

Petro mencionou repetidamente sua intenção de buscar acordos com grupos criminosos, aos quais propõe acordos em troca do desarmamento. *NTN24

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: