Desligado o último reator na usina nuclear de Zaporizhia

A usina nuclear de Zaporizhia está completamente paralisada e já começaram os trabalhos de resfriamento dos reatores .

Na madrugada deste domingo, a equipe da usina Zaporizhia, a maior da Europa, desligou o último reator e o sexto bloco da rede elétrica.

O único reator que ainda estava em operação na usina nuclear de Zaporizhia, no sul da Ucrânia, entrou em estado de segurança máxima: “estado frio”, segundo declarações da autoridade nuclear ucraniana Energoatom.

A desconexão da rede, resultado dos constantes bombardeios nas proximidades da usina, obrigou a usina a operar em “modo ilha” de tal forma que o único reator ativo tinha que fornecer energia para as próprias instalações.

Vale lembrar que  a usina caiu sob o controle das tropas russas em março e foi alvo de pesados ​​bombardeios entre os dois países, que se culpam mutuamente.

Por sua vez, o assessor do consórcio russo Rosenergoatom, Renat Karchaa, anunciou o desligamento total dos reatores e informou que, nesse ritmo, um acidente nuclear não poderia ser evitado.

“O reator foi parado, o trabalho está em andamento para resfriá-lo”, disse Karchaa.

Da mesma forma, Olga Kosharna, especialista ucraniana em energia nuclear e membro do Conselho Estadual de Inspeção para Regulação Nuclear da Ucrânia, explicou que foi o pessoal que parou o reator depois que o fornecimento de energia à usina foi restaurado.

Os pedidos de desmilitarização em torno das instalações continuam, pois é a única maneira de garantir a segurança na fábrica. *NTN24

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: