UNITA pede a anulação das eleições em Angola

© LUSA – Paulo Novais

O líder da UNITA voltou a afirmar, esta semana que “MPLA não venceu as eleições”, exigindo à CNE a comparação das atas das assembleias de voto.

Em Angola, João Lourenço, chefe de Estado cessante, foi proclamado, de novo, presidente pela Comissão nacional eleitoral, por ter ter vencido as eleições de quarta-feira passada com 51,17 % dos votos. O MPLA está no poder desde a independência em 1975.

A UNITA, maior força da oposição, obtém 43,95% como declarou o presidente da Comissão Nacional Eleitoral, Manuel Pereira da Silva.

A UNITA recorreu junto do Tribunal Constitucional para contestar os resultados definitivos. Adalberto Costa Júnior, presidente do partido do galo negro, confirmou o recurso do seu movimento e reitera não ir abandonar quem votou na UNITA.

O movimento cívico MUDEI, que efetuou uma contagem paralela das eleições angolanas de 24 de Agosto, alegou nesta sexta-feira (2) ter constatado um empate técnico entre o MPLA e a UNITA, os dois partidos mais votados, em torno de 48% da votação.

Um cenário que implicaria um segundo mandato de 5 anos para João Lourenço, cabeça de lista do MPLA. *Com informações RFI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: