“Maduro não tem a legitimidade do exercício e Guaidó não tem capacidade de tomar decisões”: Giovanna de Michele

No último domingo, 7 de agosto, Nicolás Maduro decidiu sobre a posse do novo governo da Colômbia.

“Estendo minha mão ao presidente Gustavo Petro e ao povo colombiano, para reconstruir a fraternidade com base no respeito e no amor”.

Como será lembrado, após a vitória de Petro nas eleições presidenciais na Colômbia, o líder ‘chavista’ ressaltou em diferentes ocasiões que está disposto a “restabelecer relações diplomáticas com o país vizinho”.

Giovanna de Michele, internacionalista, analisou o papel dos líderes venezuelanos na cooperação com o governo Petro.

“A figura de Guaidó vem se esvaindo, é uma espécie de governo no exílio mesmo em território venezuelano. Não tem a real capacidade de resolver os problemas dos governados. Quem toma as decisões é Nicolás Maduro”.

Da mesma forma, o também professor da Universidade Central da Venezuela assegurou que “Maduro não tem a legitimidade do exercício e Guaidó não tem capacidade de tomar decisões”. *NTN24

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: