Líder da oposição ao governo Maduro condenado à prisão

O líder e símbolo da luta contra a ditadura e a tirania de Maduro, Juan Requesens, foi condenado a 8 anos de prisão.

A questionável justiça venezuelana controlada pelo regime de Nicolás Maduro condenou 17 réus pela suposta tentativa de assassinato contra o herdeiro do chavismo, 12 foram condenados a 30 anos de prisão e os restantes 5 a 20, 12, 16 e 8 anos.

Entre estes últimos está o preso político Juan Requesens, capturado arbitrariamente pela ditadura em 7 de agosto de 2018, três dias após o suposto ataque de drone ocorrido em Caracas enquanto Maduro liderava um ato de homenagem à Guarda Nacional Bolivariana. 

O ex-deputado, lembrado por liderar protestos em massa em 2014 como presidente da Federação Estudantil da Universidade Central da Venezuela, segundo o controverso judiciário próximo ao regime, foi considerado culpado de conspirar contra Nicolás Maduro e condenado a 8 anos de prisão. *NTN24

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: