Chanceler do Japão pede à China que suspenda exercícios militares

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão, Hayashi Yoshimasa, condenou o lançamento de mísseis balísticos da China e pediu novamente um fim imediato dos exercícios militares de grande escala nas proximidades de Taiwan.

Ele fez um discurso, na sexta-feira, em uma reunião de chanceleres da Cúpula do Leste da Ásia, no Camboja. O encontro envolve os dez países-membros da Asean, além de Japão, China, Estados Unidos, Rússia e outras nações da Ásia e do Pacífico.

Hayashi afirmou que o lançamento de mísseis balísticos pela China nas águas perto do território japonês, incluindo sua zona econômica exclusiva, constitui um grave problema que ameaça a segurança nacional do Japão e a segurança de seu povo. Ele denunciou ações da China como algo que poderia abalar seriamente a paz e a estabilidade da região e do mundo. O ministro reiterou à China o pedido do lado japonês para que suspenda imediatamente os exercícios militares.

Outros países também manifestaram temores sobre a tensão no Estreito de Taiwan e arredores. Vários participantes fizeram comentários criticando as ações da China. *NHK

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: