Filme Nação Valente estreia na competição de Locarno

© Cortesia Locarno Film Festival

Atualização

O Festival de Cinema de Locarno, na Suíça, um dos mais importantes festivais do mundo cinematográfico, está em sua 75ª edição e contará com uma forte presença portuguesa, mas também angolana. O festival dura 11 dias e deve terminar a 13 de Agosto. 

O filme “Nação Valente”, do realizador português Carlos Vasconcelos, estreia hoje (4) no importante Festival de Cinema de Locarno, quarto no ranking mundial, onde o cinema português sempre tem lugar e projeção.

Este ano, selecionaram nas diversas seções cinco filmes portugueses e um deles – que deve estrear hoje em projeção reservada para a imprensa – está na Competição Internacional, a mostra mais prestigiosa do Festival. É um filme do cineasta Carlos Vasconcelos, seu segundo longa-metragem, tratando do fim do colonialismo português em Angola.

O filme conta a fuga dos portugueses e seus descendentes de Angola. O resumo do filme fala nos confrontos com nacionalistas angolanos e há espaço para um drama – uma jovem angolana que descobre o amor e a morte ao se encontrar com um soldado português.

O filme é uma reflexão sobre a história, sobre o colonialismo, sobre a guerra, o medo, e um retrato da metafísica da tirania, segundo Carlos Conceição. É uma reflexão sobre a natureza cíclica do fascismo e como ele continua sendo uma ameaça à evolução. *Com RFI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: