Ajuda de emergência chega lenta às áreas atingidas por terremoto no Afeganistão

Uma semana depois de um terremoto intenso ter atingido o leste do Afeganistão, os envios de suprimentos de emergência estão progredindo lentamente.

O terremoto de magnitude 5,9 no dia 22 de junho teve seu epicentro na província de Khost.

A Organização Mundial da Saúde disse que, até domingo (26), foram confirmados 1.036 mortos e 2.949 feridos em Khost e na província vizinha de Paktika.

Os líderes Talibã do país, assim como a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho estão distribuindo alimentos e tratando os feridos.

No entanto, muitas das estradas para as áreas montanhosas não são pavimentadas. Funcionários da ajuda humanitária dizem que está sendo difícil levar medicamentos e outros suprimentos.

Um porta-voz do Ministério do Interior afegão disse à NHK na terça-feira (28) que a crise humanitária pode ser resolvida através de ajuda mútua.

O porta-voz pediu à comunidade internacional que envie alimentos, suprimentos médicos e tendas. *NHK

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: