Premiê japonês define visão para a segurança no Indo-Pacífico

O premiê japonês, Kishida Fumio, definiu sua visão para um Indo-Pacífico livre e aberto durante um fórum sobre segurança em Singapura.

Em um discurso de abertura no Diálogo de Shangri-La na sexta-feira, Kishida revelou cinco pilares para a manutenção da estabilidade regional.

Kishida disse que o Japão planeja ajudar a treinar em segurança marítima ao menos 800 pessoas de mais de 20 países no decorrer dos próximos três anos. Ele também revelou um plano para fornecer a países do Indo-Pacífico, no decorrer do mesmo período, o equivalente a bilhões de dólares em equipamentos de segurança marítima, incluindo embarcações de patrulha.

Kishida disse que o Japão pretende aprimorar a cooperação regional via esforços diplomáticos, inclusive com o programa de Assistência Oficial ao Desenvolvimento. Ele prometeu divulgar um plano concreto até o segundo trimestre do ano que vem.

O líder japonês também manifestou sua intenção em começar negociações com Singapura para um acordo de transferência de equipamento de defesa, e trabalhar visando outros acordos com membros da Associação de Nações do Sudeste Asiático.

O discurso de Kishida abordou uma ampla gama de questões de segurança, incluindo a situação na Ucrânia, as atividades marítimas da China, e os programas nuclear e de mísseis da Coreia do Norte. Ele alertou que estas questões estão abalando a confiança nas regras que regem as relações internacionais. *NHK

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: