Corte Internacional de Justiça ordena que Rússia suspenda ação militar na Ucrânia

Corte Internacional de Justiça ordena que Rússia suspenda ação militar na Ucrânia

A Corte Internacional de Justiça ordenou, na quarta-feira, que a Rússia suspenda imediatamente sua ação militar na Ucrânia.

O lado ucraniano apresentou o caso à mais alta corte das Nações Unidas, com sede em Haia, nos Países Baixos, em 26 de fevereiro. Kiev afirma que Moscou não tinha base legal para agir militarmente, e solicitou medidas provisórias para acabar com as hostilidades.

Ao concedê-las, a Corte Internacional de Justiça disse: “A corte está muito ciente da dimensão da tragédia humana que acontece na Ucrânia e também está profundamente preocupada com a contínua perda de vidas e sofrimento humano”. Disse ainda: “A corte está profundamente preocupada com o uso da força pela Federação Russa na Ucrânia, que levanta questões muito sérias de direito internacional.”

Processos junto à Corte Internacional de Justiça exigem o consentimento de países envolvidos em um caso, mas representantes russos não compareceram às sessões judiciais. Embora a corte não disponha de uma forma direta de impor o cumprimento, afirma que as suas decisões sobre medidas provisórias são legalmente vinculativas.

Treze dos 15 juízes da corte votaram a favor da ordem, ao passo que juízes de Rússia e China votaram contra. *NHK

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: