UE sanciona bilionário russo-israelense por invasão da Ucrânia

UE sanciona bilionário russo-israelense por invasão da Ucrânia

Conselho da União Europeia impôs sanções a mais 26 pessoas e uma entidade devido à invasão da Ucrânia pela Rússia, incluindo o bilionário russo-israelense Mikhail Fridman.

Fridman é cofundador do Alfa Bank, um dos maiores bancos privados da Rússia e um dos fundadores do Genesis Philanthropy Group. Recentemente, ele saiu pedindo uma resolução para um conflito que disse estar “abrindo uma brecha entre os dois povos eslavos orientais da Rússia e da Ucrânia, que são irmãos há séculos”.

Seu Genesis Philanthropy Group também anunciou recentemente que forneceria US$ 10 milhões em assistência emergencial aos judeus afetados pela guerra em andamento na Ucrânia.

Também na lista está Petr Aven, outro cofundador do Genesis Philanthropy Group.

As sanções, que agora se aplicam retroativamente a 680 indivíduos e 53 entidades, incluem o congelamento de ativos e a proibição de disponibilizar fundos a indivíduos e entidades listadas, bem como uma proibição de viagem para impedir que os indivíduos entrem ou viajem pela UE. *Jerusalem Post

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: