Ucrânia: Rússia enfrenta reação política e econômica de países

Desde o início dos ataques ao território ucraniano, países do mundo tem condenado a Rússia por meio de pronunciamentos oficiais.

No entanto, as exceções são a Venezuela que manteve as relações com o Kremlin, além de Belarus, Nicarágua, Cuba, Síria e Irã.

Por sua vez, a China e a Índia já pediram um cessar fogo para as incursões russas.

Países membros do Conselho de Segurança da ONU votaram pela retirada das tropas russas.

11 países membros do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) votaram pela retirada das tropas russas, que necessitava ao menos nove votos para aprovar a resolução.

O texto conseguiu o apoio de Estados Unidos, Reino Unido, Brasil, França, Noruega, Irlanda, Albânia, Gabão, México, Gana, Quênia. Contudo, a Rússia votou contra e vetou a medida. China, Emirados Árabes Unidos e Índia se abstiveram. Composto por 15 nações, o Conselho de Segurança da ONU tem 5 países membros permanentes. A Rússia por ser um deles, tem direito a veto.

Diversos setores das indústrias rompem relação com a Rússia

O cerco econômico e financeiro contra os russos vem aumentando com o rompimento de relações de petroleiras e empresas de leasing de aeronaves, passando por companhias do setor de telecomunicações, envolvendo tanto “desinvestimentos diretos” como também paralisação de exportações de bens”.

Entre as empresas que se afastaram da Rússia estão: AerCap Holdings, BP, Equinos, HSBC, Maersk, Mercedes-Benz, Nokian Tires, Orsted, Volvo, Daimler Truck, Renault e Sandvik -,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: