“Provem que estão conosco”. Zelensky exorta UE a mostrar apoio a Kiev

“Provem que estão conosco”. Zelensky exorta UE a mostrar apoio a Kiev

O presidente ucraniano falou esta terça-feira, por videoconferência, na sessão plenária extraordinária do Parlamento Europeu dedicada à situação na Ucrânia. 

Zelensky exortou a União Europeia a provar que está do lado da Ucrânia na guerra com a Rússia, isto um dia depois de assinar um pedido oficial de adesão ao bloco europeu.

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, participou esta terça-feira por videochamada na sessão do Parlamento Europeu onde foi aplaudido de pé pelos eurodeputados.

Depois de ter assinado, na segunda-feira, um pedido formal de adesão à União Europeia, Zelensky diz que agora é a UE que deve provar que está do lado da Ucrânia.

“Estamos a lutar pelo nosso território e pela nossa liberdade. Estamos a lutar para nos tornarmos parte da União Europeia. A Ucrânia, entrando na UE, ficará mais forte. Sem vocês a Ucrânia ficará sozinha”, disse o presidente ucraniano.

“Agora, são vocês que têm de provar que estão connosco. Provem que são realmente europeus e a vida vencerá a morte, a luz vencerá as trevas. Glória à Ucrânia”, exortou Zelensky.

O presidente ucraniano disse ainda que o seu país está a pagar “um preço muito elevado” pela liberdade. “Estou feliz por este sentimento de união. Estou feliz porque estamos todos unidos e nós termos conseguido unir todas as pessoas da União Europeia. Mas eu não queria que fosse por este preço. Isto é uma tragédia para mim e para todos os ucranianos e para o nosso Estado. É um preço muito caro a pagar”, disse o presidente da Ucrânia.

“Nós estamos a lutar agora pelos nossos direitos, pela liberdade. Queremos ser unidos como vocês”, disse Zelensky. “Estamos a entregar as nossas melhores pessoas, os mais fortes”, afirmou. “Temos um desejo de ver nossos filhos vivos, acho justo. Estamos a lutar pela sobrevivência. Estamos a lutar para sermos membros iguais da Europa”, afirmou.

“Esta manhã foi péssima e trágica. Dois ataques de misseis cruzeiros atingiram Kharkiv. Dezenas de pessoas morreram”, afirmou Zelensky, acrescentando que “este é o preço da liberdade”. *RTP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: