UEFA vai retirar final da Liga dos Campeões da Rússia

UEFA vai retirar final da Liga dos Campeões da Rússia

A UEFA deixará de sediar a final da Liga dos Campeões desta temporada em São Petersburgo, depois de a Rússia ter atacado a Ucrânia, apurou a Associated Press .

Uma reunião extraordinária do comitê executivo da Uefa será realizada na sexta-feira para discutir a crise geopolítica e quando as autoridades devem confirmar a retirada do jogo decisivo de 28 de maio da Rússia, disse uma pessoa com conhecimento do processo nesta quinta-feira. A pessoa falou sob condição de anonimato para discutir conversas privadas.

A UEFA confirmou que uma reunião está agendada para as 09:00 GMT de sexta-feira.

“Após a evolução da situação entre a Rússia e a Ucrânia nas últimas 24 horas, o presidente da Uefa decidiu convocar uma reunião extraordinária do comitê executivo… para avaliar a situação e tomar todas as decisões necessárias”, disse a Uefa. em um comunicado.

O governo britânico e grupos de torcedores pediram à Uefa que não jogue mais o jogo em São Petersburgo, onde o estádio é patrocinado pela gigante estatal russa de energia Gazprom.

“Neste dia trágico, nossos pensamentos estão com todos na Ucrânia, nossos amigos, colegas, membros e seus entes queridos”, tuitou o grupo Fans Supporters Europe na quinta-feira. “Dados os acontecimentos que se desenrolam, esperamos um anúncio iminente da UEFA sobre a mudança da final da Liga dos Campeões”.

A Premier League ucraniana suspendeu as operações nesta quinta-feira devido à decisão do presidente Volodymyr Zelenskyy de impor a lei marcial. A liga está em uma pausa de inverno de dois meses e deve ser retomada na sexta-feira. Não deu nenhuma data planejada para reiniciar.

O Comitê Paralímpico Internacional disse que está conversando com autoridades esportivas da Ucrânia e da Rússia enquanto suas equipes se preparam para ir à China para o início dos Jogos Paralímpicos na próxima semana.

“O IPC está em diálogo com os Comitês Paralímpicos da Ucrânia e da Rússia antes dos Jogos Paralímpicos de Inverno de Pequim 2022”, disse o IPC em comunicado por e-mail. “Como uma organização politicamente neutra, o foco do IPC permanece nos próximos Jogos e não na situação em andamento”.

O nome, a bandeira e o hino da Rússia já estão proibidos nos Jogos Paralímpicos de 4 a 13 de março em Pequim devido a disputas anteriores de doping. Sua equipe deve competir como RPC, abreviação de Comitê Paralímpico Russo. *Israel Hayom

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: