Jordânia: Arqueólogos encontram santuário de 9.000 anos

Jordânia: Arqueólogos encontram santuário de 9.000 anos

Uma equipe de arqueólogos jordanianos e franceses anunciou na terça-feira (22) a descoberta de um santuário de quase 9.000 anos em um sítio neolítico no deserto oriental da Jordânia, informou a Associated Press .

O complexo ritual foi encontrado próximo a grandes estruturas conhecidas como “pipas do deserto” que os antigos da região usavam para prender gazelas selvagens para o abate. 

Duas pedras eretas esculpidas foram encontradas no local com figuras antropomórficas, incluindo uma representação da pipa do deserto e um modelo em miniatura da armadilha da gazela.

“O sítio é único, primeiro por causa de seu estado de preservação”, disse o arqueólogo jordaniano Wael Abu-Azziza, codiretor do projeto. “Tem 9.000 anos e tudo estava quase intacto.”

A proximidade do local com as armadilhas sugere que os habitantes eram caçadores especializados, disse o pesquisador em comunicado.PauseUnmute

O santuário “lançou uma nova luz sobre o simbolismo, a expressão artística e a cultura espiritual dessas populações neolíticas até então desconhecidas “, disse o comunicado.

A equipe incluiu arqueólogos da Universidade Al Hussein Bin Talal da Jordânia e do Instituto Francês do Oriente Próximo. O local foi escavado em 2021. *i24News

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: