China diz que Taiwan ‘não é Ucrânia’ enquanto ilha aumenta nível de alerta

Taiwan “não é a Ucrânia” e sempre foi uma parte inalienável da China, disse o Ministério das Relações Exteriores da China nesta quarta-feira, quando a presidente de Taiwan, Tsai Ing-wen, pediu que a ilha reforce a vigilância sobre as atividades militares em resposta à crise.

Os comentários vêm depois que o primeiro-ministro britânico Boris Johnson sinalizou o risco para Taiwan em um alerta na semana passada sobre as consequências danosas em todo o mundo se as nações ocidentais não cumprirem suas promessas de apoiar a independência da Ucrânia.

A China, que reivindica Taiwan como seu próprio território, intensificou a atividade militar perto da ilha autônoma nos últimos dois anos, embora Taiwan não tenha relatado manobras incomuns recentes das forças chinesas à medida que a tensão sobre a Ucrânia aumentou.

Falando em Pequim, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Hua Chunying, descartou qualquer ligação entre as questões da Ucrânia e de Taiwan.

“Taiwan não é a Ucrânia”, disse ela. “Taiwan sempre foi uma parte inalienável da China. Este é um fato histórico e legal indiscutível.” *Israel Hayom

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: