Japão e EUA concordam em trabalhar juntos em relação às tensões na Ucrânia

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão, Hayashi Yoshimasa, e o secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken, concordaram que seus países vão continuar a trabalhar juntos em resposta ao aumento da presença militar da Rússia ao longo de sua fronteira com a Ucrânia.

Na sexta-feira, Hayashi e Blinken se encontraram durante uma hora em Melbourne, na Austrália.

No início de seu discurso, Hayashi disse que o Japão e os Estados Unidos tinham conseguido engrandecer ainda mais sua aliança bilateral através de discussões produtivas que aprofundaram a coordenação mútua. Ele expressou a intenção de buscar uma coordenação ainda mais próxima.

Os dois oficiais compartilharam suas opiniões sobre a situação ao redor da Ucrânia e concordaram que ambos os países estão observando cuidadosamente o acúmulo de tropas russas ao longo da fronteira com a Ucrânia, com um sentimento de grave preocupação. Ambos reafirmaram seu apoio contínuo da soberania e da integridade territorial da antiga república soviética.

Blinken transmitiu a gratidão de seu país pela decisão do Japão de desviar parte de sua importação de gás natural liquefeito para a Europa.

No tocante aos repetidos lançamentos de mísseis balísticos pela Coreia do Norte nas últimas semanas, os dois oficiais compartilharam preocupações sobre o desenvolvimento nuclear e de mísseis de Pyongyang. Eles concordaram que a capacidade de dissuasão e reação da aliança entre o Japão e os Estados Unidos precisa ser fortalecida ainda mais, levando-se em consideração um clima de segurança cada vez mais severo.

Também estavam na agenda do encontro as crescentes atividades marítimas da China. Hayashi e Blinken concordaram que seus países se opõem veementemente a qualquer mudança do status quo unilateral e à força, assim como à intimidação através de meios econômicos.

Eles concordaram ainda que vão continuar os preparativos para a visita do presidente Joe Biden ao Japão, já que é provável que Tóquio realizará uma reunião de cúpula do Quad, um grupo que inclui também a Austrália e a Índia, no primeiro semestre deste ano. *NHK

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: