Rover chinês Yutu-2 revela pela 1ª vez que lado oculto da Lua tem solo pegajoso

Rover chinês Yutu-2 revela pela 1ª vez que lado oculto da Lua tem solo pegajoso

A sujeira tende a ficar presa nas rodas do rover, mas ainda não impediu seu movimento. O lado oculto da Lua é um lugar muito diferente do lado mais próximo à Terra.

De superfície mais acidentada e repleta de crateras, é um lugar quase desprovido dos oceanos de lava solidificada que pontilham o lado que observamos. Ele tem uma composição diferente, com menos elementos radioativos.

Em recente artigo publicado quinta-feira (19) na Science Robotics, divulgado pela Astronomy, pesquisadores chineses atualizaram as informações sobre o rover Yutu-2, que pousou no nosso satélite natural em 2019 com a Chang’e 4, a primeira missão a pousar no lado oculto da Lua.

A equipe revelou que uma das coisas mais impressionantes que o Yutu-2 encontrou até agora é o solo lunar pegajoso. Imagens tiradas pelo módulo de pouso Chang’e 4 mostram que grande parte da fina malha de metal das rodas do rover está coberta de sujeira que ele acumulou enquanto rolava pela superfície lunar.

Diferentemente de seu antecessor, o Yutu, que desembarcou na Lua em 2013 e a explorou por dois anos e cinco meses, tendo apenas alguma poeira fina grudada nas rodas, o Yutu-2, de design muito semelhante, apresenta grumos de sujeira acumulada em suas rodas.

Os pesquisadores escrevem que essa diferença no solo provavelmente está relacionada às condições do lado lunar escuro. Embora os cientistas não tenham estabelecido exatamente o motivo, a atividade vulcânica no lado distante parece ter cessado mais cedo do que no lado mais próximo, o que significa que a superfície do lado distante é mais antiga.

Quando o solo lunar (chamado de regolito) é exposto às duras condições do espaço por milhões de anos, ele absorve impactos repetidos de micrometeoritos, um processo chamado de intemperismo espacial. O impacto dessas partículas não apenas pulveriza a sujeira em partículas mais finas, mas também as derrete e as funde em esferas vítreas maiores de formato irregular, chamados aglutinados.

A equipe do Yutu-2 alega que esta possa ser a razão pela qual o solo do outro lado é tão grumoso. As formas irregulares dos aglutinados são capazes de se entrelaçar mais facilmente, formando grandes torrões de sujeira.

Como a superfície lunar do lado oculto é mais antiga, enfrentando mais intempéries, faz sentido que ela tenha um nível mais alto de aglutinados. A Yutu-2 foi o primeiro rover explorador a pisar no regolito do outro lado da Lua. *Sputnik

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: