Cuba condena alemão a 25 anos de prisão por filmar protestos em Havana

Cuba condena alemão a 25 anos de prisão por filmar protestos em Havana

O governo de Cuba condenou um alemão, de 59 anos, por ter feito imagens em Havana durante os protestos pró-democracia de 11 de julho, um dos maiores já registrados na ilha em décadas.

Segundo informou a Sociedade Internacional de Direitos Humanos (ISHR, na sigla em inglês), Luis Frómeta Compete, que tem cidadania alemã e cubana e que mora na Alemanha desde 1985, foi condenado a 25 anos de prisão.

A condenação aconteceu em dezembro sob acusações de “agitação para perturbação da ordem pública” e “incitamento à rebelião”. O cidadão alemão estava em Cuba visitando parentes e teria filmado os protestos em Havana com seu smartphone.

Ele acabou sendo preso posteriormente, juntamente com seu cunhado, que está em prisão preventiva. “Ao impor uma sentença de prisão tão pesada a um cidadão com dupla nacionalidade, o governo cubano mostra que não faz distinção entre cidadãos locais e estrangeiros. Ele reprime rigorosamente qualquer um que seja um incômodo”, declarou Martin Lessenthin, porta-voz do conselho da seção Alemanha do ISHR. *Gospel Prime

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: