Missão chinesa detecta 1ª evidência de água na Lua

Uma equipe de pesquisa chinesa observou sinais de água em dados de reflectância espectral da superfície lunar obtidos pela sonda Chang’E-5, fornecendo a primeira evidência da detecção in situ de água na Lua.

Diversas observações orbitais e medições de amostras apresentaram evidências da presença de água na Lua, contudo, nenhuma medição in situ tinha sido realizada na superfície lunar até então.

Um espectrômetro mineralógico lunar a bordo da sonda chinesa realizou medições de refletância espectral do regolito e de uma rocha, fornecendo a possibilidade de detectar água na superfície lunar. A análise espectral quantitativa indica que o solo lunar no local de pouso da sonda chinesa possui menos de 120 ppm de água, atribuído principalmente ao vento solar.

Já a rocha, que também foi analisada, apresentou uma absorção de aproximadamente 180 ppm de água, sugerindo uma fonte adicional de água do interior lunar. Estes resultados mostram que a rocha pode ter sido proveniente de uma unidade basáltica antiga e ejetada ao local de pouso da Chang’E-5. Sendo assim, o menor teor de água do solo, em comparação com o maior teor de água do fragmento da rocha, sugere que ocorreu a desgaseificação do depósito do manto abaixo do local de pouso da Chang’E-5. *Sputnik

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: