Presidentes de Rússia e Cazaquistão discutem sobre protestos

O presidente russo, Vladimir Putin, debateu sobre protestos em andamento contra o governo no Cazaquistão com o presidente da ex-república soviética, Kassym-Jomart Tokayev.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse na sexta-feira que os dois líderes conversaram sobre a situação diversas vezes por telefone. Putin teria indicado a Tokayev que a Rússia iria ajudar a encerrar as revoltas.

As conversas ocorrem enquanto protestos em larga escala se alastram por todo o território do Cazaquistão, desencadeados pela disparada nos preços dos combustíveis.

A Organização do Tratado de Segurança Coletiva, uma aliança militar liderada pela Rússia envolvendo seis ex-repúblicas soviéticas, começou a enviar tropas para o Cazaquistão na quinta-feira, atendendo a pedidos do governo do país.

Durante um pronunciamento televisionado na sexta-feira, Tokayev disse ter instruído os militares a reprimir os protestos via uso da força sem aviso, inclusive através do uso de armamentos.

O governo do Cazaquistão caracterizou como terroristas os manifestantes da oposição. O Ministério do Interior informou que 26 manifestantes foram mortos e mais de 3.800 presos desde o início das revoltas. Também informou sobre a morte de 18 policiais e membros da guarda nacional. *NHK

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: