Biden aprova lei que proíbe importações de Xinjiang Uygur

Biden aprova lei que proíbe importações de Xinjiang Uygur

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, sancionou uma lei que proíbe a importação de produtos da Região Autônoma de Xinjiang Uygur, na China, a menos que as empresas consigam provar que os itens não foram feitos através do uso de trabalhos forçados.

Biden sancionou a lei na quinta-feira, após forte aprovação das duas casas do Congresso no começo de dezembro.

Em princípio, a legislação cobre a importação de todos os itens produzidos na região. Os Estados Unidos já haviam proibido alguns itens, incluindo algodão e produtos agrícolas processados.

A legislação também exige que companhias que pretendem importar produtos feitos na região apresentem prova de que os mesmos não tenham sido feitos por trabalho forçado.

A lei poderá afetar companhias japonesas que exportam para os Estados Unidos produtos feitos naquela região da China.

O governo de Biden também anunciou um boicote diplomático dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Pequim, por alegações de abusos de direitos humanos em Xinjiang.

Além disso, o governo anunciou novas sanções que restringirão investimentos dos Estados Unidos em mais de 40 empresas e entidades tecnológicas da China. *NHK

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: