Os Estados Unidos comemoram a libertação dos missionários sequestrados no Haiti

Os Estados Unidos comemoram a libertação dos missionários sequestrados no Haiti

Os Estados Unidos comemoraram na quinta-feira (16) a libertação dos doze missionários norte-americanos sequestrados por uma gangue armada no Haiti desde outubro passado.

“Nós acolhemos relatos de que eles estão livres e recebendo os cuidados de que precisam após sua provação”, disse Karine Jean-Pierre, porta-voz da Casa Branca , durante uma entrevista coletiva.

Jean-Pierre garantiu que o governo dos Estados Unidos “tem trabalhado incansavelmente nos últimos dois meses para libertá-los” e agradeceu ao FBI, ao Departamento de Estado e às forças de segurança no Haiti.

Dois meses de sequestro

O grupo, que estava sequestrado há dois meses nesta quinta-feira, foi solto, anunciou o Centro de Análise de Pesquisas em Direitos Humanos (CARDH), ONG especializada em sequestros.

A informação foi confirmada pela Polícia Nacional do Haiti e pela congregação religiosa à qual pertencem os missionários, Christian Aid Ministries, com sede em Ohio (EUA).

O porta-voz adjunto observou que Joe Biden, o presidente dos Estados Unidos, recebe atualizações diárias sobre esta situação.

Missionários sequestrados

No dia 21 de novembro, eles liberaram 2 integrantes do grupo e no dia 5 de dezembro, mais 3 pessoas. Suas identidades não foram divulgadas por razões de segurança.

O grupo sequestrado era composto por 17 pessoas, sendo 16 de nacionalidade americana e uma canadense, que inclui os missionários e 5 crianças, seus parentes.

O sequestro foi realizado pela gangue 400 Mawozo na área de Croix-des-Bouquets, nos arredores de Porto Príncipe.

Eles estavam voltando de uma visita a um orfanato na área de Ganthier, perto da capital haitiana.

Resgate milionário

Os sequestradores pediram 17 milhões de dólares para cada um dos sequestrados.

Além disso, segundo o CARDH, eles exigiram a libertação de um de seus líderes, que cumpre pena na Penitenciária Nacional.

O CARDH já registrou 949 sequestros neste ano, incluindo 55 estrangeiros de cinco países. *El Nacional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: