Diplomatas de Japão e Estados Unidos concordam em reforçar o poder de dissuasão da aliança

Diplomatas de alto escalão de Japão e Estados Unidos demonstraram se opor a tentativas unilaterais da China de mudar o status quo no Mar da China Oriental. Eles compartilham da necessidade de fortalecer as capacidades de dissuasão da aliança nipo-americana.

O chanceler japonês, Hayashi Yoshimasa, e o secretário de Estado do governo americano, Antony Blinken, dialogaram por 25 minutos no sábado nos bastidores de uma reunião de dois dias de ministros do exterior de nações do Grupo dos Sete realizada na Inglaterra.

Hayashi e Blinken trocaram opiniões sobre China, Coreia do Norte, e outras questões regionais.

Em meio a um ambiente de segurança regional cada vez mais grave, eles concordaram que seus países vão continuar a cooperar mais estreitamente para incrementar as capacidades de dissuasão e resposta da aliança bilateral.

Hayashi e Blinken também concordaram com a necessidade de garantir a paz e a segurança no Estreito de Taiwan e com a cooperação visando a concretização de uma região Indo-Pacífico livre e aberta.

Eles também concordaram em acelerar ajustes de cronograma para possibilitar uma visita em breve do premiê japonês, Kishida Fumio, aos Estados Unidos, assim como a realização de uma reunião entre os dois pares de chanceleres e ministros da defesa dos dois países. *NHK

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: