Ministro do Interior de Portugal renunciou devido a um escândalo

Ministro do Interior de Portugal renunciou devido a um escândalo

O ministro do Interior português, Eduardo Cabrita, renunciou na sexta-feira devido ao escândalo causado pela gestão de um acidente em que esteve envolvido o seu motorista e no qual morreu uma pessoa. 

“Não posso permitir que este caso seja usado politicamente para penalizar a ação do governo (…) então pedi que fosse dispensado de minhas funções ”, disse Cabrita em entrevista coletiva. 

“Aceitei este pedido de demissão”, reagiu imediatamente o primeiro-ministro Antonio Costa em outra conferência de imprensa. 

A renúncia ocorre menos de dois meses antes das eleições legislativas antecipadas, convocadas depois que o projeto de orçamento para 2022 do governo socialista minoritário de Costa foi rejeitado. 

No passado mês de Junho, o carro ministerial em que Cabrita se deslocava “a cerca de 163 km / h”, segundo a comunicação social local, colidiu fatalmente com um trabalhador rodoviário numa estrada da região de Évora (sul).  

Na sexta-feira, o motorista do ministro foi acusado de negligência pelo Ministério Público português. 

Desde o acidente, o tratamento do caso foi muito criticado e o ministro foi acusado de se esquivar de suas responsabilidades e de insensibilidade para com a família da vítima. *Informações AFP/NTN24

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: