EUA rejeitam críticas à “Cúpula pela Democracia”

EUA rejeitam críticas à “Cúpula pela Democracia”

A Casa Branca reagiu de forma ríspida às críticas da China e da Rússia à reunião denominada “Cúpula pela Democracia”, que será sediada pelos Estados Unidos na semana que vem.

O presidente Joe Biden convidou dirigentes de cerca de 110 países e territórios para a reunião, que será realizada online na quinta e sexta-feira. A China e a Rússia não foram convidadas e criticaram a cúpula por promover divisões.

Nesta quinta-feira, a secretária de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki, disse que o objetivo da cúpula é discutir maneiras de trabalhar em conjunto para proteger e defender a democracia ao redor do mundo. Ela disse: “Não há nada do que se desculpar, seja qual for a crítica de qualquer país do mundo.”

Psaki acrescentou que nenhuma democracia é perfeita e ressaltou a necessidade de continuar promovendo mudanças positivas. Ela disse que seu país espera que os participantes vejam a reunião como uma oportunidade de participar de uma mudança positiva para a frente.

Aparentemente, Biden quer fortalecer os laços com aliados e nações amigáveis para conter a China e a Rússia, que Washington classifica como autocracias. *NHK

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: