Câmara dos Deputados do Chile aprova abertura de impeachment do presidente Piñera

A Câmara dos Deputados do Chile aprovou nesta terça-feira (09), a abertura do impeachment do presidente Sebastián Piñera por supostas irregularidades na venda de um projeto de mineração nas Ilhas Virgens Britânicas, revelado nos Pandora Papers. 

Os parlamentares conseguiram reunir os 78 votos necessários para que a acusação que busca o impeachment do presidente do Chile avance ao Senado.

O advogado de Piñera, Jorge Gálvez, ao concluir a defesa em plenário afirmou: “Eu peço, ilustres deputados e deputadas, que rejeitem esta injusta e improcedente acusação constitucional”.

Esta é a segunda vez que o Congresso chileno discute a destituição de Piñera —a primeira teve relação com a onda de protestos de 2019. Agora caberá ao Senado julgar a acusação, e lá a oposição terá mais dificuldade para reunir os votos necessários. Enquanto isso, o presidente permanece no cargo, mas não pode sair do país.

Categorias:Internacional, Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.