Tribunal suspende exigência de vacinação nos Estados Unidos

Um tribunal federal de apelo dos Estados Unidos suspendeu temporariamente um plano para exigir a vacinação contra o coronavírus no setor privado de autoria do governo do presidente Joe Biden.

A medida exigia que trabalhadores de empresas com cem ou mais funcionários fossem vacinados até 4 de janeiro ou passassem por testes semanais e usassem máscaras.

Mais da metade dos Estados americanos, basicamente aqueles com governadores ou advogados-gerais republicanos, entraram com ações na Justiça para suspender a exigência.

O Tribunal de Apelos do 5° Circuito, com sede em Nova Orleans e jurisdição sobre os Estados de Mississippi, Louisiana e Texas, suspendeu a medida no sábado citando potenciais problemas “graves de natureza legal e constitucional”.

O governo Biden tem de responder até a segunda-feira.

Alguns governos e empresas locais nos Estados Unidos já haviam começado a exigir a vacinação de funcionários.

Mas há uma forte oposição por parte da população que vê a medida de controle da pandemia como uma violação da liberdade individual. *NHK

Categorias:Américas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.