O número global de mortes na Covid-19 chega a 5 milhões

O número global de mortes da Covid-19 ultrapassou a marca sombria de 5 milhões nesta segunda-feira, menos de dois anos após o início da pandemia, de acordo com os últimos dados do rastreador de coronavírus da Universidade Johns Hopkins.

Os Estados Unidos lideram o mundo em número total de mortes em 745.836, seguidos pelo Brasil (607.824), Índia (458.437), México (288.365) e Rússia (234.194).

A Rússia sofreu seu setembro mais mortal desde a Segunda Guerra Mundial, com 44.265 mortes, enquanto a região do Leste Europeu luta para conter um surto do coronavírus. 

A contagem de mortes na Rússia continua a aumentar, com as últimas semanas vendo a taxa de mortalidade diária subir acima de mil. O país registrou 1.158 mortes no domingo. 

Covid-19 é agora a terceira causa de morte em todo o mundo, depois de doenças cardíacas e derrames.

No mês passado, o coronavírus ultrapassou a gripe de 1918 e se tornou a pandemia mais mortal da história americana.

Quase 7 bilhões de doses de vacina foram administradas globalmente e alguns países estão começando a se abrir para visitantes vacinados novamente após campanhas de inoculação bem-sucedidas, incluindo Israel, que na segunda-feira recebeu turistas individuais pela primeira vez desde que as fronteiras foram fechadas em março de 2020.

A Austrália também abriu suas fronteiras na segunda-feira, quase 600 dias depois de terem sido fechadas. *i24News

Categorias:Internacional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.