Sentença de ex-executivo da Nissan sai em março

Sentença de ex-executivo da Nissan sai em março

Um tribunal do Japão está para proferir em 3 de março a sentença do julgamento do ex-executivo da Nissan Greg Kelly. Ele é acusado de subdeclarar a remuneração de Carlos Ghosn, quando este era presidente do conselho de administração da empresa.

Foi realizada quarta-feira a última de mais de 60 audiências do julgamento, que foi iniciado em setembro do ano passado. Kelly e a Nissan Motor são acusados de violar a Lei sobre Instrumentos Financeiros e Valores Mobiliários ao tramar para subnotificar a remuneração de Carlos Ghosn nos informes de títulos e papéis financeiros da fabricante de veículos.

A Promotoria pede pena de prisão de dois anos para Kelly e cobrança de multa de 200 milhões de ienes — cerca de 1,76 milhão de dólares — da Nissan.

Em depoimento final, o ex-executivo da empresa declarou-se inocente de quaisquer crimes. Ele acrescentou que Ghosn era um presidente muito capacitado e que se assegurou da legalidade de todos os esforços para mantê-lo na Nissan.

O advogado de Kelly disse inexistir qualquer remuneração não paga além da que foi declarada e que seu cliente nada tramou com Ghosn ou outros executivos da empresa.

Já o advogado da Nissan declarou a fabricante de veículos culpada das acusações. Explicou que a empresa foi conscientizada armargamente da necessidade de refletir sobre as circunstâncias da sua própria governança na época. O advogado ressalvou, contudo, que os atos da Nissan não estavam relacionados à busca de seus interesses empresariais e foram praticados para satisfazer interesses particulares de Ghosn. *nhk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: