Concurso de Miss França é processado por usar critério de beleza na seleção

As candidatas do Miss França devem passar por uma seleção criteriosa para participar do concurso.(foto: Reprodução/Miss França)

O grupo feminista Osez le Feminisme (Ouse ser Feminista, em tradução livre) está processando o concurso de beleza Miss França, com a alegação de ser ilegal exigir que as participantes tenham mais de 1,70 metro de altura, sejam solteiras e “representativas da beleza”.

A peça jurídica, que ganhou apoio de três ex-concorrentes derrotadas na premiação, também mira a Endemol — produtora do evento para a televisão.

Para que o caso prospere, os magistrados da Justiça do Trabalho do subúrbio parisiense de Bobigny, onde corre o processo, precisam considerar que existe um vínculo trabalhista entre as concorrentes e os organizadores do concurso.

Em uma entrevista à agência AFP, a Osez le Feminisme, por intermédio da advogada Violaine De Filippis-Abate, afirma que as empresas do país não podem discriminar pessoas baseando-se em moral, idade, situação familiar ou aparência física.

Categorias:Europa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.