Missionários dos EUA e famílias são sequestrados no Haiti

Um número estimado de 15 Missionários cristãos norte-americanos e suas famílias, incluindo três crianças, foram raptados por uma gangue em Porto Príncipe, capital do Haiti, neste domingo (17).

Segundo informações da mídia dos EUA, o grupo era proveniente de Ohio e foi atacado após visitar um orfanato na capital. O rapto ocorreu a cerca de 30 quilômetros do local da visita.

A mídia haitiana afirma que o sequestro foi realizado por um grupo criminoso chamado “400 Mawozo”, uma gangue que se especializou em cometer crimes do tipo para ganhar dinheiro e que atua também perto da fronteira com a República Dominicana.

Desde o início de 2021, o Haiti já registrou mais de 600 sequestros, conforme as organizações humanitárias que atuam no país. No ano passado, haviam sido 231. A ilha vive uma grave crise social, política e humanitária que foi se ampliando ano após ano. *Informações ANSA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: