UE anuncia ajuda de emergência de 1 bilhão de euros ao Afeganistão

A Comissão Europeia apresentará esta terça-feira um pacote de ajuda de emergência ao Afeganistão e aos países vizinhos de cerca de 1.000 milhões de euros para ajudar a prevenir uma crise humanitária.

“Devemos fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para evitar um enorme colapso humanitário e socioeconômico no Afeganistão”, disse a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, em um comunicado.

A responsável explicou que a UE já definiu claramente “as condições para qualquer envolvimento com as autoridades afegãs, incluindo o respeito pelos direitos”.

No entanto, ela afirmou que “o povo afegão não deve pagar o preço das ações do Taleban. É por isso que o pacote de apoio afegão é para o povo afegão e os vizinhos do país que foram os primeiros a ajudá-los.”

O pacote inclui uma dotação de 300 milhões de euros já aprovada pela UE, e também ajuda complementar especializada para ações como vacinação, acolhimento, proteção da população civil e respeito pelos direitos humanos. Esses recursos serão destinados ao apoio direto à população local e serão canalizados para organismos internacionais que já atuam nessas regiões.

Entretanto, a ajuda geral da UE ao desenvolvimento ao Afeganistão continua congelada, observou a Comissão Europeia.

A UE tem cinco critérios básicos para retomar as relações com o novo governo afegão e, em sua nota desta terça-feira, lembrou que esses objetivos “devem ser cumpridos antes que a cooperação regular para o desenvolvimento possa ser retomada.”

Assim, para que a cooperação com a UE seja retomada, o Talibã deve respeitar os direitos humanos fundamentais, em particular os direitos das mulheres; o governo afegão deve ser inclusivo e deve permitir o acesso à ajuda humanitária, entre outras questões.

A necessidade de ajuda humanitária ao Afeganistão é tema de uma reunião extraordinária do G20 organizada nesta terça-feira pelo governo italiano.

Por outro lado, representantes do Taleban, da UE e dos Estados Unidos iniciaram nesta terça-feira uma rodada de negociações em Doha, no Catar, como parte do esforço diplomático para tirar o Afeganistão de seu isolamento internacional. *Informações AFP 

Categorias:Internacional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.