UE indecisa em enviar missão eleitoral à Venezuela

A União Europeia continua a estudar a possibilidade de enviar uma Missão de Observação Eleitoral à Venezuela para avaliar as eleições regionais e municipais de 21 de novembro. 

O alto representante da UE, Josep Borrell, informou que ainda não há acordo para finalizar a visita ao país. 

“Ainda não temos um acordo para isso, estamos discutindo”, disse ele à Voice of America, durante a 76ª Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova York.

Por outro lado, Borrell insistiu na necessidade de realizar eleições livres e justas e apoiou o apoio da UE ao processo de diálogo entre o regime de Nicolás Maduro e a oposição com a facilitação da Noruega. 

“É preciso caminhar para a realização de eleições presidenciais e legislativas com garantias e muitas outras coisas que o país precisa para construir um grande acordo nacional. Achamos muito boa a iniciativa dos noruegueses com o apoio do México ”, afirmou.

Sobre a possível implementação de sanções contra o regime venezuelano, o diplomata afirmou que “as sanções são um instrumento alternativo à falta de diálogo. Se o diálogo der frutos, as sanções não serão necessárias ”. *NTN24

Categorias:Américas, Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.