Briga entre Alberto Fernández e Cristina Kirchner paralisa o Governo argentino

Depois da renúncia de todos os ministros e altos funcionários que representam a vice-presidente, o presidente Fernández publicou uma longa sequência no Twitter na quinta-feira (16), na qual avisa que é ele quem toma as decisões.

“A gestão continuará a se desenvolver conforme eu julgar conveniente” e “não é hora de criar disputas”, escreveu o presidente,

A derrocada eleitoral nas primárias de domingo, em que os pré-candidatos do peronismo unido perderam em 18 dos 24 distritos do país, acabou catalisando uma crise soterrada no palácio que condiciona o andamento do Governo, e agora agrava a crise econômica, assusta os eleitores e dá asas à oposição conservadora.

Depois do terremoto político de quarta-feira, a Argentina é agora uma espectadora do embate das duas forças em conflito. *Informações El País

Categorias:Américas, Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.