Hamas acusa Egito de ‘assassinato’ depois que 3 palestinos morrem em túnel de contrabando

O grupo terrorista palestino Hamas anunciou na sexta-feira que recuperou os corpos de três homens de um túnel de contrabando ao longo da fronteira egípcia com Gaza.

“As equipes de defesa civil encontraram três corpos sob o solo perto da fronteira, ao sul da cidade de Rafah”, depois que parte do túnel desabou na quinta-feira, disse o porta-voz do Ministério do Interior, Iyad al-Bozom, em um comunicado.

O Hamas disse que trabalhadores morreram quando gás tóxico foi bombeado para um “túnel comercial”, chamando isso de “assassinato pelo qual as autoridades egípcias têm total responsabilidade”. 

A acusação pode agravar as já tensas relações do grupo terrorista com o Egito, no momento em que os egípcios estão tentando intermediar um acordo de cessar-fogo permanente entre o Hamas e Israel. 

Não houve nenhum comentário egípcio imediato.

Israel diz que a rede de túneis foi escavada sob a fronteira com o Egito para permitir que o Hamas, apoiado pelo Irã e seus aliados da Jihad Islâmica, fizessem o contrabando de armas. *i24News

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.