Órgão da ONU diz que desastres meteorológicos quintuplicaram entre 1970 e 2019

O órgão de meteorologia das Nações Unidas diz que desastres causados por intempéries quintuplicaram nos últimos 50 anos, matando mais de 2 milhões de pessoas e provocando prejuízos superiores a 3 trilhões de dólares.

A Organização Mundial de Meteorologia divulgou relatório quarta-feira sobre os mais de 11 mil desastres causados por intempéries, como inundações e ondas de calor, que ocorreram entre 1970 e 2019, incluindo as perdas econômicas resultantes. O documento ressalta que mais de 90% das mortes foram registradas em países em desenvolvimento.

Na Ásia, mais de 975 mil vidas foram perdidas em tempestades e inundações, perfazendo cerca de metade das vítimas. Um desastre particularmente fatal foi o ciclone de 2008 em Mianmar que causou mais de 130 mil mortes.

Na África ocorreram 35% das mortes associadas a condições meteorológicas que foram registradas globalmente. Secas foram responsáveis pelo maior número de vítimas, correspondendo a 95% de todas as perdas de vida no continente.

O relatório diz que prejuízos financeiros chegaram a 3,64 trilhões de dólares no período de 50 anos. *NHK

Categorias:Internacional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.