Vacina Pfizer será produzida no Brasil para distribuição na América Latina

Através do governo brasileiro, foi firmado um acordo entre o consórcio da farmacêutica norte-americana Pfizer e o laboratório alemão BioNTech com a multinacional brasileira Eurofarma para a produção local da vacina anticovide ‘Comirnaty´ e sua distribuição na América Latina.

“A Eurofarma realizará atividades de fabricação dentro da cadeia de suprimentos e da rede global de produção da vacina covid-19 que a Pfizer e a BioNTech possuem, que agora abrange 4 continentes e incluirá 20 unidades de fabricação”, informou a empresa farmacêutica brasileira.

O acordo prevê “transferência técnica, desenvolvimento local e instalação de equipamentos”, ações que “começarão imediatamente” para iniciar a fabricação em larga escala a partir do ano de 2022 com insumos vindos dos Estados Unidos.

“Em plena capacidade operacional, a produção anual deve ultrapassar 100 milhões de doses e todas as doses serão distribuídas exclusivamente na América Latina”, destacou a Eurofarma.

O presidente da Pfizer, Albert Bourla, enfatizou que “todos, independentemente da condição financeira, etnia, religião ou geografia, merecem ter acesso a vacinas que salvam vidas contra o covid-19.”

E o presidente e cofundador da BioNTech, Ugur Sahin, destacou o “aumento contínuo da capacidade de fabricação”, que permitiu a entrega de 1.300 milhões de doses, com uma meta de 3.000 milhões até o final deste ano “, e a” aliança de hoje é um passo importante para expandir o acesso às vacinas na América Latina. ”

Para Maurizio Billi, presidente da Eurofarma, o acordo “representa um marco” nos 50 anos de história da empresa brasileira e destacou a “capacidade industrial, tecnológica e de controle de qualidade” oferecida para “contribuir com o abastecimento do mercado latino-americano. “https://ce40b0aef454948762a18d1516986db9.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

A vacina Pfizer-BioNTech é usada em 120 países e no Brasil foi a primeira a obter o registro definitivo pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa, regulador), condição concedida em fevereiro e que só neste mês alcançou por conta própria. país de origem, Estados Unidos. *Informações NTN24

Categorias:Brasil, Tecnologia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.