PM de Israel: Não vamos anexar território, nem permitir a formação de um estado palestino

Israel não anexará nenhuma parte da Cisjordânia, nem permitirá a criação de um Estado palestino, disse o primeiro-ministro de Israel em entrevista ao New York Times , publicada na terça-feira (24).

Naftali Bennett desembarcou em Washington na manhã de quarta-feira, na véspera de um encontro com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, na Casa Branca, sua primeira visita de Estado. 

“Este governo não vai anexar nem formar um estado palestino, todo mundo entende isso”, disse ele. “Sou o primeiro-ministro de todos os israelenses, e o que estou fazendo agora é encontrar o meio-termo – como podemos nos concentrar no que concordamos.”

O “crescimento natural” dos assentamentos judeus israelenses na Cisjordânia teria permissão para continuar, disse Bennett.

As negociações de paz entre Jerusalém e Ramallah não ocorrerão “porque a liderança palestina está fragmentada e sem leme”, acrescentou. 

O bloqueio imposto por Israel à Faixa de Gaza também será mantido “enquanto o Hamas, que controla o território, continuar a se armar e lançar foguetes contra Israel”, disse ele. O primeiro-ministro acrescentou que estará pronto para iniciar uma nova guerra contra o grupo islâmico, mesmo que seu governo perca o apoio dos quatro legisladores do partido Ra’am, cujos votos o mantêm no poder .

“Farei o que for necessário para proteger meu povo”, disse Bennett. “Não envolverei e nunca envolverei considerações políticas em decisões relacionadas à defesa e segurança”, disse ele.

Ele também não revelou se bloquearia os esforços do governo Biden para restabelecer um consulado para palestinos em Jerusalém , insistindo em um único detalhe:

“Jerusalém é a capital de Israel, não é a capital de nenhuma outra nação.”

Enquanto a administração da Autoridade Palestina controlada pelo Fatah está baseada em Ramallah, na Cisjordânia, os palestinos reivindicam Jerusalém Oriental como sua capital. Israel conquistou essa parte da cidade e a reuniu com Jerusalém Ocidental após sua vitória na Guerra dos Seis Dias de 1967. *i24News

Categorias:Internacional, Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.