ONG afirma que a Venezuela recebeu mais vacinas chinesas, mas não foram anunciadas pelo regime

A organização Médicos Unidos informou neste domingo (22) que a Venezuela continua a receber vacinas contra covid-19 da China, mas não foram anunciadas pelo Ministério da Saúde.

Mencionaram por meio de publicação no Twitter que não sabem o valor que chegou, mas “pularam o plano e isso é feito de forma desorganizada, desordenada e politizada com a página da pátria e o cartão”.

A vice-presidente do regime, Delcy Rodríguez, garantiu neste sábado que no resto do mês de agosto, setembro e outubro, o país passará por um processo de “expansão” da vacinação contra o covid-19, para a volta a enfrentar- aulas presenciais.

Os Médicos Unidos garantiram naquele mesmo sábado que desconhecem plano ou calendário de vacinação no país, bem como a chegada da segunda dose do Sputnik V ou do restante das vacinas, “e nos hospitais não há calendário de recebimento de segurança equipamento., mas já sabemos o calendário eleitoral. Informações NTN24 / EFE

Categorias:Américas

Marcado como:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.