Aviões e soldados dos EUA chegam ao Brasil para exercícios de ‘simulação de guerra’

Segundo a FAB, o desembarque dos soldados e dos helicópteros norte-americanos têm como intenção desenvolver treinamentos que envolvem missões de ataque, infiltração aérea, busca e salvamento em combate, entre outros.

No sábado (21), dois dos maiores aviões do mundo do tipo C-17 Globemaster aterrissaram no Brasil, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, trazendo dos Estados Unidos soldados e um helicóptero modelo Sikorsky MH-60 Pave Hawk em cada Boeing, segundo o UOL

Além das aeronaves, a Força Aérea Brasileira (FAB) informou que 50 soldados norte-americanos, da Força Aérea dos Estados Unidos (USAF, na sigla em inglês), vieram para realizar treinamento que simulará um “cenário de guerra”.

Os exercícios ocorrerão até o dia 3 de setembro, quando 30 aeronaves e 16 Unidades Aéreas e de Infantaria participarão do treinamento na capital sul-mato-grossense.

Ainda segundo a FAB, os norte-americanos desembarcaram em território brasileiro para realizar “uma oportunidade de intercâmbio de experiências e desenvolvimento doutrinário, contribuindo para possíveis participações do país em missões previstas nos acordos de paz ONU”.

Dentre as atividades, estão missões de ataque, reconhecimento aeroespacial, infiltração aérea, busca e salvamento em combate, entre outras.

Segundo a mídia, os dois aviões de grande porte voltaram para os Estados Unidos no final da tarde de ontem (21) e retornarão no final do mês para buscar a equipe e os helicópteros. *Sputnik

Categorias:Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.