Os EUA, Canadá e UE esperam que o diálogo ajude a ter eleições justas na Venezuela

Neste sábado (14), Antony Blinken, Josep Borrell e Marc Garneau expressaram sua esperança “que este processo leve à restauração das instituições democráticas do país e permita que todos os venezuelanos se expressem politicamente por meio de eleições locais, parlamentares e presidenciais livres e justas”.

No documento, os dirigentes instam as partes a se comprometerem para chegar a acordos duradouros que levem a uma solução abrangente para a crise venezuelana.

Blinken, Borrell e Garneau aproveitaram a oportunidade para exigir a libertação incondicional de todos os detidos injustamente por motivos políticos.

“Continuamos a pedir a libertação incondicional de todos os detidos injustamente por motivos políticos, a independência dos partidos políticos, a liberdade de expressão, incluindo membros da imprensa, e o fim dos abusos dos direitos humanos”, expressaram os dirigentes no documento.

Eles também aproveitaram a oportunidade para solicitar condições eleitorais que atendam aos padrões internacionais para a democracia, começando com as eleições locais e regionais marcadas para novembro de 2021. *NTN24

Categorias:Américas, Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.