O primeiro-ministro do Haiti declarou estado de emergência após o terremoto

O terremoto deixou pelo menos 227 mortos, “dos quais 158 foram registrados no sul”, informou a Agência de Proteção Civil do país caribenho, que já havia matado 29 pessoas.

Também há “centenas de feridos e desaparecidos”, frisou.

O portal de notícias AFP informou que os hospitais nas regiões mais afetadas pelo terremoto já estavam encontrando dificuldades para fornecer atendimento de emergência e pelo menos três centros de saúde nas cidades de Pestel, Corailles e Roseaux estavam totalmente superlotados com pacientes, de acordo com Jerry Chandler, Diretor de Proteção Civil.

Segundo a EFE, o primeiro-ministro do Haiti, Ariel Henry, declarou estado de emergência em decorrência do terremoto que afetou o empobrecido país neste sábado e que deixou, até o momento, 29 mortos e consideráveis ​​danos materiais.

“O governo decidiu esta manhã declarar estado de emergência por um mês após esta catástrofe, disse Henry, que assumiu o cargo em 20 de julho, 13 dias após o assassinato do presidente do país, Jovenel Moise, em entrevista coletiva. às investigações de um comando de 26 mercenários que invadiram sua residência particular em Porto Príncipe. *NTN24

Categorias:Américas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.