Origem de Covid: China se opõe a uma nova investigação da OMS em seu território

A China rejeitou na sexta-feira o apelo da Organização Mundial da Saúde (OMS) para uma nova investigação em seu território para buscar as origens da Covid-19, pedindo uma abordagem “científica” e não “política”.

A pressão sobre Pequim aumentou recentemente por causa da pandemia, que já ceifou mais de 4 milhões de vidas em todo o mundo e prejudicou muitas das economias mundiais.

A OMS pediu na quinta-feira que os países publicassem “todos os dados sobre o vírus”. Um apelo dirigido em particular à China, onde um vazamento do coronavírus de um laboratório em Wuhan, cidade onde foi detectado no final de 2019, permanece uma hipótese possível para a origem do vírus .

Uma equipe de especialistas internacionais enviada pela OMS visitou Wuhan em janeiro de 2021. Seu relatório, redigido em colaboração com especialistas chineses, não estabeleceu uma conclusão definitiva sobre a origem do vírus.

Pequim respondeu à OMS na sexta-feira reiterando sua posição defendida por vários meses: a investigação inicial China-OMS é suficiente e os pedidos de dados adicionais têm segundas intenções políticas.

“Apoiamos pesquisas baseadas na ciência”, disse Ma Zhaoxu, vice-ministro das Relações Exteriores, em uma entrevista coletiva online.

“Opomo-nos à politização da procura das origens … e ao abandono do relatório conjunto China-OMS”, frisou.

Em particular, o estudo estimou que a passagem do coronavírus do morcego para os humanos por meio de um animal intermediário é o cenário mais provável . Ele considerou “extremamente improvável” que o vírus viesse de um laboratório.

Ma Zhaoxu rejeitou os pedidos da OMS para uma investigação mais aprofundada. *i24News

Categorias:Internacional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.