Juíza reduz sentença de agressor já que o estupro de 11 minutos foi “relativamente rápido”

Centenas de mulheres foram às ruas da Suíça para protestar contra a decisão de um tribunal de reduzir a sentença de um homem, já que o estupro foi “relativamente rápido” e a vítima não ficou gravemente ferida.

Os acontecimentos ocorreram a 1 de fevereiro de 2020, como detalhado pelo site Cooperativa. 

Tudo ocorreu quando dois portugueses, de 33 e 17 anos, abusaram de uma jovem, após terem estado numa discoteca.

Como revelado, na primeira instância, João P. foi (um dos agressores) condenado a 51 meses de prisão. 

Juíza reduz sentença de agressor já que o estupro de 11 minutos foi “relativamente rápido”

Henz justificou sua decisão com palavras duramente criticadas pelos manifestantes. 

“Ela brincou com fogo”, “mandou sinais aos homens” e que o crime foi “relativamente breve” foram algumas das suas justificações segundo o site 20 Minuten. *Metro World News Brasil

Categorias:Europa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.