Haiti atrasa eleições para substituir presidente assassinado

As eleições no Haiti foram adiadas para 7 de novembro, de acordo com a mídia local nesta quarta-feira (10), após a morte do presidente Jovenel  Moïse no mês passado , que mergulhou o país em turbulência política.

Documentos aparentemente emitidos pelo governo e que circularam nas redes sociais na quarta-feira divulgaram o adiamento das eleições presidenciais e legislativas, bem como de um referendo constitucional, que havia sido marcado para 26 de setembro.

O novo primeiro-ministro do Haiti, Ariel Henry, disse no final de julho que o governo planejava criar condições para que o país caribenho realizasse eleições o mais rápido possível.

As potências ocidentais encorajaram o Haiti, o país mais pobre das Américas, a eleger uma nova liderança o mais cedo possível para dar legitimidade democrática ao governo.

O presidente foi baleado em um ataque à sua casa em 7 de julho, em um ataque realizado por aparentes milícias de pistoleiros.

As autoridades disseram que os perpetradores falam inglês e espanhol e aparentemente fazem parte de um esquadrão internacional. *Com i24News

Categorias:Américas, Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.